“Empresário é preso por crime ambiental em Mogi das Cruzes” (Posted by Fernanda)

Força-tarefa envolvendo a Promotoria de Justiça de Mogi das Cruzes, a Polícia Militar Ambiental, a Delegacia do Meio Ambiente e a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (CETESB) descobriu descarte ilegal de amianto, substância tóxica e cancerígena, em terreno localizado em César de Souza. O empresário José Moreno Leon, proprietário da VM Leon Engenharia e Construções, dona da área, foi preso nessa quinta-feira (9) por prática de crime ambienteal. 

O terreno da extinta Kubota Freios e Equipamentos Ferroviários foi arrematado a um preço baixo pela VM porque a compradora ficou responsável por dar destinação adequada às cinco toneladas do material deixadas pela empresa falida. No entanto, quando a Polícia Ambiental chegou ao local, encontrou vários sacos de amianto em pó enterrados em buracos rasos e muitos outros ainda estocados em galpões. 

A empresa ainda ficou responsável por retirar o amianto do local e dar-lhe uma destinação adequada. A Polícia Científica fará vistorias no local a fim de avaliar o dano ambiental causado pela manobra ilegal.

Já Leon foi indiciado na delegacia por crime ambiental e pode ser condenado à pena de 1 a 4 anos de prisão.

This entry was posted in News. Bookmark the permalink.